Dia Mundial de Combate ao Estresse: você tem medo de quê?

Dia Mundial de Combate ao Estresse: você tem medo de quê?

    Para conscientizar a população sobre a importância do bem-estar, celebra-se, em 23 de setembro, o Dia Mundial de Combate ao Estresse. Já parou para se perguntar de que você tem medo?

    A palavra "estresse" tem origem na palavra inglesa "stress", que remete à palavra “crise”. E o que é “crise”? Crise se entende como um evento externo que desarruma nossa vida. Já no caso do estresse podemos pensar em um evento interno gerando um grande desassossego. Mas então do que se trata o estresse?

    Para a médica psiquiatra, Mariuska Rachevski, o estresse é uma sensação de ameaça percebida pelo nosso corpo acompanhado do sentimento de medo e perda do controle diante dessa ameaça. Segundo ela, o estresse anda de mãos dadas com o medo e com a ansiedade. E a ansiedade tem relação íntima com nosso sentimento de competência. Tudo isso leva a um aumento de tensão física e mental. 

    Mariuska divide o estresse em duas fases: a aguda e a crônica. Conforme explica, na fase aguda a partir do estímulo de estruturas cerebrais ocorre a liberação de adrenalina, que vai preparar nosso corpo para três condições: lutar, fugir ou nos paralisar. “Muitas pessoas dizem que se tornam mais produtivas quando sobrecarregadas e isso se deve à adrenalina”, pondera a médica, destacando que junto com isso vem o aumento da ansiedade e o aumento da irritabilidade. 

    E, logo depois, surge o vilão do estresse: o cortisol. “Outro hormônio que nos levará para fase crônica desse ciclo tóxico. Aqui passamos a sentir uma queda no nosso desempenho, uma redução da nossa capacidade de atenção, concentração, elevação de nossa pressão arterial, aumento do apetite podendo levar a obesidade. Somos invadidos por um sentimento de falência física e mental. Sentimos que não damos conta da nossa rotina. Com isso aumenta o risco de adoecermos”, afirma.


COMO GERENCIAR O ESTRESSE EM PLENA PANDEMIA 

    Segundo a psiquiatra, em tempos tão incertos onde a imprevisibilidade impera, a primeira coisa que você precisa saber é que aprender a lidar com o estresse e enfrentar uma situação de crise te tornará um indivíduo mais forte e mais hábil para lidar com as adversidades. “Pois não é na acomodação, naquilo que é mais confortável que obtemos crescimento e, sim no enfrentamento dos obstáculos que a vida nos impõe”, reforça.

    Mariuska diz que as situações de crise, assim como o estresse inerente a elas, rompem com uma condição pré-estabelecida e com a crença de que tudo pode ser controlado. “Em momentos assim precisamos acionar o bom senso, o meio termo, o que pode ser chamado de ‘constância emocional’. Aceitar que estamos vivendo um momento de dificuldade, aceitar nossos sentimentos, controlar nossos pensamentos apocalípticos e elaborar uma vida possível para o momento”, afirma.


SAÚDE MENTAL NOS PERÍODOS DE ESTRESSE

    A médica psiquiatra Mariuska Rachevski deixa algumas sugestões de como cuidar de nossa saúde mental e manter nossa imunidade preservada nos períodos de estresse. 

    Primeiro, ela cita uma expressão muito usada na psicanálise que sempre ajuda diante de situações difíceis, que diz o seguinte: “A fantasia é sempre maior que a realidade.” Ou seja, o que imaginamos sobre uma adversidade, na maioria das vezes é bem maior do que a situação em si.

    Segundo, construa uma espécie de “termômetro”, selecione aquilo e aqueles que te fazem bem, e se possível se afaste ou mantenha certa distância do que te intoxica.

    Aceite seus limites, não se exija estar sempre 100% em tudo. Você não precisa estar feliz o tempo todo, capaz e eficiente em tempo integral. Seja gentil consigo mesmo. Não entre em guerra com seus ideais!

    Pratique uma atividade física possível, cuide da alimentação e do sono, evite abusar de álcool, cigarros e drogas. Escute música, dance, leia. Descubra o que te faz bem.

    Seja grato, valorize a cada dia o que de bom te acontece.

    Por fim, utilize os momentos de crise para se melhorar como ser humano. Aprenda a viver diferente, pois quando a vida nos impõe condições que não podemos mudar estamos diante da oportunidade de mudar a nós mesmos!

 Fiquem bem! Cuidem-se.


  • Centro de Diagnóstico por imagem CDI

    CENTRO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM - CDI

    Eficiência e Profissionalismo

    O Centro de Diagnóstico por Imagem está estruturado para oferecer serviços diferenciados e eficientes. Ver mais
  • laboratório

    LABORATÓRIO

    Tecnologia de Ponta em Análises

    Nosso laboratório dispõe de modernos recursos tecnológicos e de uma qualificada equipe de profissionais. Ver mais