Cuidados com o coração devem iniciar no nascimento, alerta cardiologista do HC

Dia 29 de setembro se comemora o Dia Mundial do Coração

Cuidados com o coração devem iniciar no nascimento, alerta cardiologista do HC

    Meio bilhão de pessoas no mundo e 14 milhões no Brasil são acometidas por doenças cardiovasculares. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cardiologia, a cada 90 segundos uma pessoa morre por doenças ligadas ao coração. Por dia, são 1.100 vítimas, tornado essa uma das principais causas de morte no país. A prevenção continua sendo primordial e adotar um estilo de vida saudável pode fazer toda a diferença.

    O cardiologista Milton Serpa, que integra o Corpo Clínico do Hospital de Caridade de Erechim, alerta que os cuidados devem iniciar desde o nascimento. Um exemplo é o aleitamento materno que, se comparado com outras formas de alimentação, já começa a ter um efeito protetor sob o coração. Em seguida, vem a questão da obesidade infantil. “Precisamos cuidar das crianças, desde a mais tenra idade, para que não fiquem obesas”, destaca o médico, afirmando que esse é o primeiro passo para proteger o vital órgão. O segundo é em relação à atividade física. “Os pais devem estimular os filhos a praticarem uma atividade física regular e efetiva”, aconselha Serpa.


HISTÓRICO FAMILIAR

    No início da idade adulta, o médico afirma que é importante a avaliação da história familiar. “Se apresenta muitas pessoas com morte cardíaca precoce, o paciente deve já dosar o seu colesterol, triglicerídeos e verificar se possui alguma forma de dislipidemia (nível elevado de gordura no sangue, como colesterol e triglicerídeos elevados)”, analisa.     Segundo Serpa, se houver algumas dislipidemias que são hereditárias, essas devem ser tratadas precocemente. 


GORDURA ABDOMINAL: INIMIGA MORTAL

    Já na idade adulta, é fundamental a manutenção do peso e, especialmente, não haver gordura abdominal que, de acordo com o cardiologista, é uma inimiga mortal do coração. Nessa fase, iniciam os tratamentos agressivos daquelas doenças que se sabe que interagem negativamente, como a diabete. “Se o paciente tiver diabete ou intolerância à glicose, assim como hipertensão, ele tem que tratá-las de forma agressiva e precocemente, com o objetivo de proteger o coração. Não podemos ficar olhando as coisas acontecerem”, pondera Milton Serpa.

    Outro fator primordial é a alimentação. Para o médico, as medidas são muitos simples, como diminuir, e não abolir, o consumo de carne vermelha, gordura saturada e de carboidratos, para a manutenção do peso. Também é importante o controle dos processos infecciosos, evitar gripes e pneumonias, por exemplo, fazendo a vacinação. Ainda é importante a manutenção de uma atividade física. 


DIAGNÓSTICO PRECOCE

    Conforme explica Serpa, o controle da doença é feito basicamente pelo controle dos fatores de risco. O diagnóstico precoce se dá pelos sintomas. Se a pessoa tiver dor no peito deve procurar imediatamente o cardiologista. Se tiver aumento de pressão, falta de ar, dispneia, tontura, síncopes ou palpitações, esses sinais devem ser investigados exaustivamente.


EXAMES PARA O DIAGNÓSTICO

    Para Serpa, os principais sintomas para o diagnóstico de uma doença cardiovascular são, além da história clínica, dor no peito, palpitações, falta de ar e síncope ou tontura. A fim de identificar a gravidade do quadro, o médico deve ser consultado, cabendo ao profissional indicar uma série de exames, entre os quais: exame físico e eletrocardiograma. Além disso, outras opções clínicas como o teste ergométrico; o ecocardiograma; a ecografia de carótidas, a cintilografia miocárdica, a angiotomografia de coronárias, a cinecoronariografia e, a ressonância nuclear magnética também podem ser necessárias. Essa gama de exames deve ser realizada de acordo com o quadro clínico e o exame físico.


DIA MUNDIAL DO CORAÇÃO

    O Dia Mundial do Coração é comemorado no dia 29 de setembro, com o objetivo de alertar e conscientizar a população sobre a importância de manter hábitos saudáveis e preservar a saúde do coração.  A data foi escolhida pela Federação Mundial do Coração e se tornou oficial em 2000.



  • Centro de Diagnóstico por imagem CDI

    CENTRO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM - CDI

    Eficiência e Profissionalismo

    O Centro de Diagnóstico por Imagem está estruturado para oferecer serviços diferenciados e eficientes. Ver mais
  • laboratório

    LABORATÓRIO

    Tecnologia de Ponta em Análises

    Nosso laboratório dispõe de modernos recursos tecnológicos e de uma qualificada equipe de profissionais. Ver mais